A MUSICA SERTANEJA NO BRASIL

Música Sertaneja ou caipira é um gênero musical do Brasil produzido a partir da década de 1910, por compositores rurais e urbanos, outrora chamada genericamente de modas, toadas, cateretês, chulas, emboladas e batuques, cujo som da viola é predominante.

Inicialmente tal estilo de música foi propagado por uma série de duplas, com a utilização de violas e dueto vocal. Esta tradição segue até os dias atuais, tendo a dupla geralmente caracterizada por cantores com voz tenor (mais aguda), nasal e uso acentuado de um falsete típico. Enquanto o estilo vocal manteve-se relativamente estável ao longo das décadas, o ritmo, a instrumentação e o contorno melódico incorporaram aos poucos elementos de gêneros disseminados pela indústria cultural. Destacaram-se inicialmente, entre as duplas pioneiras nas gravações em disco, Zico Dias e Ferrinho, Laureano e Soares, Mandi e Sorocabinha e Mariano e Caçula. Foram as primeiras duplas a cantar principalmente as chamadas modas de viola, de temática principalmente ligada à realidade cotidiana – casos de “A Revolução Getúlio Vargas” e “A Morte de João Pessoa”, composições gravadas pelo duo Zico Dias e Ferrinho, em 1930, e “A Crise” e “A Carestia”, modas de viola gravadas por Mandi e Sorocabinha, em 1934.Muitos estudiosos seguem a tendência tradicional de integrar as músicas caipira e sertaneja como subgêneros dentro um só conjunto musical, estabelecendo fases e divisões: de 1929 até 1944, como “música caipira” (ou “música sertaneja raiz”); do pós-guerra até a década de 1960, como uma fase de transição da velha música caipira rumo à constituição do atual gênero sertanejo; e do final dos anos sessenta até a atualidade, como música “sertaneja romântica”.

O compositor José Fortuna (compositor sertanejo),nasceu na cidade de Itápolis, Estado de São Paulo, no dia 2 de outubro de 1923. Compôs sua primeira música no dia 26 de setembro de 1942, mas desde cedo, ainda criança, em suas andanças com o pai pela lavoura, já escrevia versos com pedaços de madeira, no chão de terra por onde caminhava. Sua primeira música gravada foi a Moda das Flores, no dia 4 de abril de 1944, por Torres e Florêncio, e desde então nunca mais parou. Nos próximos quarenta anos ele comporia e gravaria perto de 2 mil músicas, algumas com dezenas de regravações.Um de seus maiores sucessos foi a versão da guarânia Índia, composta há quarenta anos, do outro lado de Meu Primeiro Amor, também versão de José Fortuna, gravados originalmente por Cascatinha e Inhana, no ano de 1952, que chegaram a vender na ocasião mais de 1 milhão de cópias.

Fonte: http://acordeonistaseprofessores.comunidades.net

 

Visitas: 43 | Arquivado em Artigo
Facebook Twitter Google+ linkedin email More
Copyright © Radio Chips Fm - Rádio e Guia Comercial